Saint Seiya forum


    Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Compartilhe

    Convidad
    Convidado

    Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Seg Fev 22, 2010 11:34 am

    Afrodite de Peixes (Lama)


    X

    Pandora (Panzita)


    Enredo: Afrodite, na batalha com Mu, é teletransportado para o Castelo na Alemanha; lá decide ir até Hades para encurtar o caminho dos cavaleiros de Athena, se deparando com a Pandora.

    Prazo de postagem: 07 Dias.

    Prazo máximo de duração: 45 Dias.


    Última edição por [AE]Judge em Dom Mar 07, 2010 10:15 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    Afrodite de Peixes
    Administrador
    Administrador

    Nenhuma advertência.
    Mensagens : 2648
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 33
    Localização : São Paulo

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Afrodite de Peixes em Seg Fev 22, 2010 10:43 pm



    )|( PREFÁCIO ON )|(



    )|( Depois de 243 anos aprisionados, Hades e seu exército são libertados novamente, o selo fora rompido e agora a guerra santa caminhava a passos largos, estrelas cadentes podiam ser vistas cortando o céu enegrecido, um mau presságio acompanhava aquela noite. Instalados no santuário os espectros espalhavam o terror e o caos naquele lugar imaculado, Athena corria perigo novamente e mais uma vez seus cavaleiros seriam postos à prova, a paz fora findada e o destino da Terra estavam nas mãos daqueles que lutava ao lado da justiça. Conseguiriam mais uma vez salvar os humanos da desgraça anunciada? Seriam capazes de lutar contra a vontade dos deuses? Enquanto isso a primeira batalha já acontecia na entrada do primeiro palácio, os protagonistas eram Máscara da Morte, Shion e Afrodite que lutavam contra Mu de Áries, guardião daquela morada...Até que no decorrer do embate... )|(



    )|( PREFÁCIO OFF )|(




    ----------------



    )|( FLASH BACK ON )|(



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    - Pagará pelo seu atrevimento, Mú! Te mandarei para o lugar de onde vim, descanse em paz!



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    - Rosa Sangrenta!



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    ”O que?! Minhra rosa branca não...”



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    - ...Ahhhhhhhh!



    )|( Afrodite, junto com os demais que tiveram suas vidas devolvidas por Hades, tinham a missão de invadir o santuário e trazer a cabeça de Athena, este seria premiado com a vida eterna, mas nem tudo aconteceu como fora planejado e também... Tudo tinha seu preço. Atingido pelo golpe do ariano o espectro foi teletransportado para a entrada do Castelo de Heinstein, entretanto, pagaria pelos pecados ali mesmo e com a sua própria vida. Estava ciente, não seria o homem que salvaria sua deusa, mas lutaria até a última pétala de rosa para manter a honra dos cavaleiros de ouro, para ele a farsa já tinha acabado e era a hora de acertar as contas com aquele que fora leviano com sua beleza. )|(



    )|( FLASH BACK OFF )|(



    ----------------


    )|( Deixou o portão para trás rumo ao salão, seus passos eram ligeiros e a sua sombra era refletida pelas chamas das tochas que ali estavam repousadas, tilintares metálicos ecoavam naquele corredor semi-obscuro. A adrenalina corria em seu corpo e seu coração palpitava, porém, estava decidido a entregar sua vida em nome de Athena. O semblante alvo era sisudo, a sapuris que lhe cobria estava intacta e brilhosa como as estrelas que reluziam naquela noite, aquele aroma esfuziante lhe acompanhava conforme se deslocava. Atraído pelo som da harpa que era tocada, abria o último portão que dava acesso ao salão, não titubeou ao fazê-lo... A sua presença então era notada... )|(



    [...]




    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Ter Fev 23, 2010 12:21 am









    A ordem fora apenas uma: que os espectros fossem enviados ao santuário de Athena. Hades era gentil e bondoso com seus subordinados; Ao menos com ela sempre o fora. E até aquele instante, sua mente labutara sobre essa idéia. Contudo, um segundo bastou para que tudo mudasse. Os cosmos eram facilmente sentidos, sob a pressão do Castelo. Uma vida que respirava era facilmente detectada pela única pessoa viva daquele obscuro mundo. Uma linda e cândida marionete. Por um segundo, seus dedos vacilaram numa nota. Por quê? Por que haviam mentido para ela? Para seu senhor tão bondoso? Teria de ser mais rígida com seus juízes, puni-los talvez por seu erro, seu capricho. Contudo, naquele instante, deveria se preparar. Alguém se aproximava. Não precisou abrir seus olhos para adivinhar que o que estava ali era muito mais audacioso que um simplório espectro.





    _O que deseja, cavaleiro?




    Havia um quê de maldade, em tornar a dar ao espectro a alcunha de cavaleiro. Uma forma ferrenha de brincar com os sentimentos daquele homem. Talvez um teste à sua fidelidade, mesmo que essa já parecesse tão precária.





    _Não deveria estar junto de seus companheiros?




    Como uma acompanhante delicada, terna, a música do magnífico instrumento dançava por todo o ambiente. A lua agora tão alta banhava o corpo daquela jovem; Um jogo de luz e sombra entre seu rosto tão branco, tão incomum contra suas vestes negras, pesarosas. Um vulto passou por seu rosto quando por um segundo seus olhos encontraram os olhos do inimigo. O ataque mais afrontoso é de se encarar fixamente os olhos de outra pessoa. Sendo assim, Pandora atacara seu ‘convidado’ por segundos, exaltando com a aspereza de seus olhos que a beleza dele, naquele instante, não lhe salvaria a pele.


    avatar
    Afrodite de Peixes
    Administrador
    Administrador

    Nenhuma advertência.
    Mensagens : 2648
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 33
    Localização : São Paulo

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Afrodite de Peixes em Ter Fev 23, 2010 11:14 am



    )|( Abria por completo o portão e aquele ruído irritante finalmente era cessado, conforme firmava o corpo naquele salão o mesmo era agraciado com a luz da lua que fazia contraste em seu semblante angelical, as orbes carregadas de tom azul celeste procuravam a autora daquela melancólica melodia, certamente sabia que se tratava de Pandora, a representante e irmã de Hades. A brisa noturna que entrava pelo portão entre aberto soprando em sua estrutura fria e pálida, fazendo suas madeixas oscilarem. A volumosa cabeleira azul turquesa estava presa ao elmo e este era retirado para fazer uma breve reverencia a jovem, teria que manter aquele traje sujo e funesto...Não podia vacilar, sabia muito bem onde estava pisando. O joelho esquerdo semi arqueava enquanto o direito tocava o solo de mármore, seu braço direito era apoiado sobre a coxa onde o elmo era repousado. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    “Tenho que continuar com esse disfarce medíocre se caso quiser ter êxito em meu objetivo, espero que essa jovenzinha não ouse atrapalhar meus planos.”


    )|( Enquanto realizava aquele movimento, sua mente astuta arquitetava investidas, Mú fora inteligente ao mandar o espectro para a entrada do castelo, definitivamente ele havia enxergado as lágrimas de sangue que jorravam de sua alma, sabia que jamais trairia o santuário e seus princípios, apesar de ter uma ideologia contestada pelos irmãos de ouro. Para Afrodite, a maior dádiva de um ser humano era a beleza e com a beleza se fazia justiça. )|(


    [...]


    )|( Por instantes ficou com o rosto direcionado ao solo, imaginava como estava o decorrer das batalhas no santuário, fora carregado por um breve devaneio..)|(


    [...]


    )|( Voltou a si e fitou os olhos de Pandora com a austeridade de sempre, sua expressão fria não transpassava nenhum tipo de sentimento, estava ali para cumprir o papel que fora ordenado, mas aconteceram imprevistos e resolvera voltar para tratar este assunto particularmente com Hades, fora então indagado pela jovem subitamente. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    -O que desejo? Falar com o imperador Hades, o assunto é de extrema importância para ele...


    )|( Sua voz soava firme e seus olhos ainda fitavam Pandora, um brilho prateado percorrera sobre eles e uma sensação de crueldade podia ser sentida naquele olhar...Um sorriso seco brotava em sua face e assim respondia a outra pergunta.. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    -Devia...Mas, não estou. Já lhe dei satisfações demais, não acha? A guerra esta tomando um rumo inesperado e Hades precisa saber disso.


    )|( Seu cosmo era baixo e não hostil, a cada pergunta feita por Pandora a impaciência lhe tomava conta, sentia que Pandora não o deixaria passar...Talvez o embate seria inevitável, talvez... )|(



    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Qui Fev 25, 2010 12:22 am



    Aquela alma era, sem nenhuma dúvida, muito audaciosa. Sua fala tinha o perfeito ego da arrogância daqueles que outrora haviam servido a deusa da suposta Justiça. Seria obrigada a talvez fazê-lo passar por um pequeno e rápido teste de fidelidade, algo tão letal que somente um fidedigno de Hades suportaria por seu generoso deus. Apesar de suas dúvidas brotarem, pelo simples fato daquele homem haver entrado em suas acomodações sem nenhum aviso ou educação, ela ainda o daria uma ultima chance.





    _ Peixes, não é?




    Os dedos passearam suavemente pelas cordas da harpa, tornando a melodia antes quase tão nula algo muito mais intenso, uma ‘leve’ violência. Isso resultou quase tão imediatamente no cosmo da jovem. Como um coração que parece recém-acordar para a vida, ele pulsou uma, duas vezes até finalmente se manifestar com clareza para o espectro. No principio Aphrodite provavelmente teria algo como um formigamento, quem sabe um leve calor, mas a sensação tornar-se-ia incomoda com os segundos decorrentes, sendo ele o único ouvinte da melodia. Enquanto dedilhava aquela canção, os belos olhos de Pandora ganharam um ar muito mais ameno, cheio de compreensão.





    _ Gostaria que compreendesse que Hades-sama nem sempre pode atender a todos e isso o desagrada imensamente. Sei absolutamente que ele, com toda sua generosidade, teria imenso prazer em ouvir seus avisos, mas...




    Passadas as palavras, a sensação de tormento, o choque que o som daquele instrumento munido do cosmo de Pandora levava ao ‘convidado’, deveria ser algo realmente incomodo, algo forte o suficiente para fazê-lo estar curvado para a dor e um provável remorso em ter adentrado a um ambiente fora de seus limites. Mas aquilo estava chegando ao fim. Como um banho de águas límpidas, a sessão de dor na câmara da jovem aproximava-se da finalização.





    _ ... Vou abrir uma exceção. Por favor, me diga o que anda acontecendo em meio a esta guerra e seja claro. Eu não gostaria de baixas neste dia, seria muito pesaroso para o coração de Hades saber que um dos cavaleiros cujo qual ele escolheu tão bem teve de partir deste mundo.




    Com a última palavra, o ultimo acorde fora dado. Um silêncio funesto tomou conta do ambiente, enterrando-o por alguns segundos no pesado ar de morte que ali reinava. Absolutamente nada se manifestara até que a jovem deu seu ultimo e decidido aviso.





    _ Espero realmente que não envolva traições. Sei que estou aqui apenas representando meu irmão e toda sua força, mas ainda sim estou abençoada com a gratidão de outras grandes divindades.


    avatar
    Afrodite de Peixes
    Administrador
    Administrador

    Nenhuma advertência.
    Mensagens : 2648
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 33
    Localização : São Paulo

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Afrodite de Peixes em Sex Fev 26, 2010 10:36 am



    )|( Afrodite se encontrava naquele salão sombrio e misterioso, Pandora estava a lhe receber e, ao invés de liberar logo a passagem daquele espectro tão belo quanto a luz que a lua emanava, decidira interrompe-lo com perguntas pertinentes, tomava uma postura como se a mesma tivesse devolvido a vida daquele homem e com isso teria que dar satisfações de tudo, estava incomodado com aquilo mas sabia que não seria tão fácil, a paciência seria um grande trunfo. Seus olhos mantinham-se fixos sobre a figura daquela jovem e observava ela dedilhar com maestria aquela harpa. De súbito, sentia uma sensação estranha invadir seu corpo conforme a melodia prosseguia, a temperatura de seu corpo era elevada e isso lhe causava um desconforto. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    “O que ela esta pretendendo?”


    )|( A melodia soava acompanhada pelas palavras de Pandora, descargas elétricas faziam daquele espectro uma espécie de “marionete” e já não tinha mais controle sobre a sua estrutura, os choques aleatórios desestabilizava-o e por fim era arremessado contra a porta entreaberta, fechando-a de vez. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    ”Essa maldita música esta me fazendo perder o controle, realmente ela esta passando dos limites e me sujeitando a passar por uma situação jamais presenciada...Mas por Athena tudo é válido, não posso perder a compostura...Não agora.”


    )|( Seus olhos estavam fechados, suspirou…Seus pulmões enchiam-se de ar e era gradativamente liberado aos poucos, o silêncio ali era sepulcral e tenso. Por ser um sujeito realista teria que pensar muito em suas atitudes daqui pra frente, mas saberia como seria o final e logo sua máscara cairia. Então...Sua face que estava direcionada ao solo por causa do impacto voltava-se para Pandora e uma expressão serena e tranqüila fazia-se em seu semblante alvo e exótico. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    -Peixes? Deixei de ser um cavaleiro de Athena quando me comprometi ser fiel à Hades e lhe jurar fidelidade. E...Traições não faz parte do meu feitio, senhorita.


    )|( Seu cosmo estava baixo e não dava nenhum indicio de hostilidade, realizava três passos em direção a Pandora fazendo novamente uma breve reverência, as madeixas lhe caiam sobre o rosto ocultando seus traços, sua voz aveludada era novamente escutada. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    - Volto em um momento mais propício, irei retornar ao santuário e na próxima espero lhe ver com a cabeça de Athena em minhas mãos...Passar bem, senhorita Pandora.


    )|( Retornava em direção ao portão de saída, mas… )|(


    [...]


    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Dom Fev 28, 2010 12:21 am



    Aquele homem realmente tinha uma boa informação a dar a Hades, só precisava de um pouco de espaço e alguma indução. Se era isso o que ele desejava, como um dos célebres cavaleiros reavivados, ele o teria. Com a calma que lhe convinha, Pandora se ergueu do pequeno tamborete em que passara muito tempo de sua torpe existência, dando alguns passos em direção ao visitante. Seu cosmo ainda era presente, apesar da sutileza com que parecia envolver a ela e ao ambiente.





    _ Eu não posso permitir que parta, mesmo porque eu pedi com clareza que vocês fossem mantidos aqui, e não no santuário. Dessa forma, tenho que pedir que me acompanhe.




    Não precisava haver algo formal, um pedido de desculpas pelo que o fizera passar, nada. Apenas algumas palavras. Estavam em níveis diferentes e isso lhe permitia não ter de se curvar para um espectro, isso lhe permitia vê-lo apenas como uma marionete de luxo. Com passos calmos, a mulher de feições indefectíveis caminhou, girando sobre seus calcanhares, tomando rumo ao oposto daquele salão tão quieto, numa parede oposta à porta da qual o espectro entrara. Dali, havia uma passagem para o inferno, uma longa e laboriosa descida até sua moradia no mundo inferior.





    _ Peço apenas que vá à minha frente. Confio tão pouco em você, quanto você confia em mim. Isso realmente não é necessário, mas espero que confie e seja respeitoso com Hades, pois ele teve uma atitude muito apreciável ao lhe conceber nova vida.




    Com altivez, a jovem empurrou a porta que rangeu furiosamente, deixando uma lufada de ar quente soprar a sala, como se aquela escada estivesse respirando. E assim seria, daria ao cavaleiro uma rara oportunidade, caminhando até ficar ao lado da porta e apontar para ela. Gestos sutis, um ar tão ameno e conformado que se não fosse realmente apontada como representante do Deus dos Mortos em terra, seria passada apenas como uma jovem resignada.





    _ Por aqui.




    O ambiente diante a porta era deveras temeroso. Uma longa escada jungida à parede que descia diversas voltas até estar numa última porta: a porta que levaria ao Salão da Giudecca, a ultima moradia, o lugar onde Hades se mantinha. As chamas verdes que vez ou outra subiam do chão, ou o que deveria ser um, dançavam no centro da larga escada e faziam sombras fantasmagóricas nas paredes de pedra lascada. Um cenário nada convidativo, mas apenas um passo para estar diante o deus pai dos verdadeiros inimigos de Athena.


    avatar
    Afrodite de Peixes
    Administrador
    Administrador

    Nenhuma advertência.
    Mensagens : 2648
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 33
    Localização : São Paulo

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Afrodite de Peixes em Ter Mar 02, 2010 10:50 am



    )|( Estava prestes a se retirar daquele salão e quando se preparava para abrir o portão o espectro interrompia o movimento, ficava inerte próximo a saída. Já tinha traçado o que faria naquele instante e a morte de Pandora estava em pauta, já que a mesma recusara seu pedido outrora e com isso sua derrocada seria inevitável. Quando seu cosmo estava prestes a se manifestar, aquele estágio de ligeira elevação fora anulado, a jovem pronunciava algumas palavras acompanhada de uma ordem e aquela cartada inicial tinha uma reviravolta. A serva parecia ter mudado de idéia e tinha decidido levar Afrodite até Hades deixando aquele ardiloso homem surpreso e ao mesmo tempo desconfiado, certamente estava tramando contra ele, pensava. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    “Hum…Isto esta ficando interessante e perigoso. ”


    )|( De relance e por cima dos ombros, via a imagem daquela jovem se direcionado até aquele “portal” que o levaria ao deus do submundo, seu punho direito semicerrava-se e aquele pedido de última hora não seria negado. A luz da lua refletia em suas costas agora, deixando sua brilhosa cabeleira em evidência, a sapuris também manifestava uma coloração diferente, um púrpuro mais vivo. As tímidas brisas teimavam em importunar suas madeixas fazendo com que “dançavem” em sincronia. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    - Sabia que iria tomar a decisão mais prudente…Não é a toa que é a representante de Hades.


    )|( Deixava uma risada abafada escapar, mas para os ouvidos de Pandora elas se tornariam inaudíveis, ironia fazia parte de sua personalidade. Curvava seu corpo em direção à aquele portão e sem pestanejar o adentrava, mas antes de fazê-lo passava ao lado da irmã de Hades e vagarosamente manifestava um olhar nada amigável deixando um sorriso ganhar sua face, uma pitada de sarcasmo era incrementado naquele ambiente tão melancólico e frio. Ela poderia sentir o doce perfume que aquele carregavam em seu corpo, fatalmente entorpecedor. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Dom Mar 07, 2010 1:58 am



    Seu maior e grande intuito não era digladiar-se com o espectro. Não iria se portar como uma criança, num momento tão delicado como aquele. Estava demasiadamente feliz com a vinda de Hades que não iria entrar em atrito com uma pessoa que inspirava orgulho e expirava desagrados. Com silêncio e calma quase funesta, Pandora seguiu o espectro com alguns degraus da escada de diferença. Seu cosmo parecia ficar mais vivo à medida que chegavam mais perto do fim daquele passeio funesto.





    _ Quero que me escute com atenção.




    Sua voz e o som oco de seus passos faziam um leve eco, dentro daquele túnel vazio e cada vez mais desagradável. Um passeio nada convidativo.





    _ Hades-sama não gosta de conversas longas e estúpidas. Não faça uma dança, apenas diga o que tem a dizer e eu o trarei de volta a Terra. Ele também não gosta de falar. Você não deve questioná-lo e afrontá-lo, Afrodite. Seriam suas ultimas palavras. Então seja inteligente. Eu não o protegerei contra os gostos de Hades, caso tome uma atitude errada. Sou apenas uma representante de meu irmão, enquanto ele está em seu trono.




    Havia na voz daquela jovem algum muito maior que cautela; Algo próximo da ameaça, algo muito diferente do medo. Como se ela repetisse regras que lhe haviam ditado, como se engolisse a submissão ao deus dos mortos com alegria, com gratidão desumana. Mas isso não fazia diferença. O que realmente estava lhe incomodando era o cheiro doce vindo daquela criatura que estava próxima. O cheiro ardiloso de uma rosa cheia de espinhos. Tamanha a vida que levara sozinha, distante da humanidade que deixara, literalmente, de enxergar cores. Tudo agora era preto e branco, um monocromático infernal e quase se esquecera de como era o cheiro. O aroma doce, já tão comumente envenenado para os inimigos do antigo cavaleiro, agora era ainda mais forte para ela. Teria de suportar mais um pouco. Mais alguns minutos. Havia se passado algum tempo desde que estavam caminhando rumo ao inferno, quando ela finalmente decidiu dar o ultimo aviso.





    _ E não dê rosas a Hades. Tenho certeza que seriam enviadas ao seu túmulo.




    Feita a ultima das precauções, aproximaram-se da ultima porta. Atrás dela estava o salão da Giudecca, a esfera reservada a Hades. Um amplo salão de chão branco e paredes de pedra, sem nenhum tipo de som ou aroma, apenas um lugar reservado ao deus comandante daquele mundo. Sairiam da lateral esquerda, indo para o centro do salão, e ali estaria a longa escadaria aos pés do trono. Uma visão atordoante e talvez amedrontadora para os que pisassem ali pela primeira vez. Mas o primeiro a se deliciar com o pesado ambiente seria o espectro, um ser não tão acostumado a passear ‘vivo’ pelo inferno. Pandora estaria logo atrás, empurrando-o para os pés da escadaria, dando a ele a rara oportunidade de falar diretamente ao deus Hades.


    avatar
    Afrodite de Peixes
    Administrador
    Administrador

    Nenhuma advertência.
    Mensagens : 2648
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 33
    Localização : São Paulo

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Afrodite de Peixes em Sex Mar 12, 2010 5:13 pm



    )|( Afrodite prosseguia com o seu trajeto e Pandora estava logo atrás. Na medida em que ambos caminhavam rumo ao salão onde encontraria Hades-Sama, a serva fazia algumas ressalvas, que para a mesma era importante. O espectro não costumava dar ouvidos as pessoas que não mantinha uma relação direta, e muito menos seguiria os avisos daquela garota, seu objetivo era outro desde o começo e se caso falhasse arrancaria a vida daquela jovem sem pensar duas vezes. Suspirava enquanto aquela voz “perturbava” sua mente, estava mais concentrado no trajeto do que naquela pessoa, para ele aquela presença não existia e além do mais, lhe despertava uma enorme desconfiança. O andrógeno não imaginava que seria tão fácil se comunicar com o deus do submundo e fazia da cautela sua aliada.
    )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    - Hm... Serei breve e rápido, senhorita Pandora. Não se preocupe.


    )|( Sua voz era ríspida, seu semblante não demonstrava nenhum sentimento, sentia que a hora se aproximava e sua tarefa era difícil, porém, sabia que não podia falhar. Afrodite era orgulhoso ao extremo e não admitiria o próprio vacilo, faria das tripas o coração se fosse necessário...Entretanto, tinha uma incomensurável confiança em suas rosas e sua fé resumia-se naqueles ramos tão belos e perfumados.
    )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    ”Com minha formosura unindo-se a essas rosas, posso derrubar um deus. E por Athena farei isso...Não vou desapontá-la. Ficará orgulhosa quando saber que o cavaleiro mais belo e cruel matou Hades. A glória cairá sobre mim”


    )|( Vagando em seus devaneios, não percebia que agora estava no salão de Hades, a frente se encontrava um trono que até então não estava ocupado por ninguém, aquele lugar definitivamente era sombrio e carregava um pesador ar da morte. Seusolhos azulados percorriam o ambiente por inteiro, seu cosmo fazia-se presente com a luz púrpura que lhe contornava e seus traços exóticos ficavam evidentes, a energia iluminava parcialmente o salão tenebroso. A ânsia por Hades lhe gerava uma questão óbvia: Onde ele estava? Ou aquilo se travava de uma armadilha bem arquitetada por Pandora? )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    - Onde se encontra Hades, Pandora? Queria recepciona-lo com uma das minhas magnífcas rosas... Mas sem sua presença, não será possível agracia-lo.


    )|( Girava seu corpo em um ágil movimento, suas madeixas brilhosas seguiam o mesmo movimento, agora ficava de frente para a jovem. Seu olhar era de "decepção" e sua paciência com aquele joguinho estúpido estava chegando ao fim. Sem dúvidas, não deixava aquilo transparecer...Não agora.
    )|(


    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Qui Mar 18, 2010 10:52 pm



    Silenciosamente, assistiu ao pequeno teatro do espectro. Estava assim tão ansioso por encontrar o deus dos Mortos? Seria ele capaz de até mesmo ser rude com a representante direta do senhor mais gentil que ele encontrara em sua não-vida? Não lhe importava, ela apenas faria seu papel de mediadora entre o servo e o deus. Após a pergunta do cavaleiro, Pandora começou a caminhar com calma, pelo salão. Apenas seus sapatos e a respiração do cavaleiro faziam uma trilha sonora ao momento. Seu semblante estava gelado, etéreo como nunca estaria em terra. Ela se sentia em casa.





    _ Como você é perspicaz ao notar que ele não está ainda em seu trono, espectro.




    A voz nem um pouco acalentadora era quase um sussurro, dentro daquele imenso salão frio. Ela não tinha pretensões, talvez algumas muito parcas, mas quase nada. Encostado numa das paredes, estava o tridente da jovem. Sem nenhuma hostilidade, ela caminhou até a arma e a pegou. Tudo era apenas uma questão de costume; Pandora costumava andar armada quando encontrava-se num ambiente um tanto quanto agressivo. A terra não lhe oferecia isso.





    _ Para uma pessoa que esperou um bom tempo para renascer, você é muito apressado. Contudo, sua espera teve uma recompensa. Espero que modere suas palavras, ou serão dignamente as ultimas.




    Ela caminhou até estar lado a lado como cavaleiro. Com um suspiro pesado, como se estivesse se preparando para uma longa sessão de fosse o que fosse, seus olhos quase vazios se focaram no trono, tão distante do chão, atrás de leves cortinas semi-transparentes. Naquele instante, sentando sob o branco inefável da leve luz que ali se propagava, havia um homem. Uma entidade silenciosa, de cabelos escuros, roupas pesarosas e ares austeros. Nenhuma palavra, nenhuma boa vinda ou mesmo um agradecimento pela dedicação da jovem ou do próprio espectro, apenas um olhar que apresentava algo ainda maior que raiva, desprezo: um olhar muito mais cético. Pandora arqueou-se levemente, como que em respeito ao deus ali presente. Sua voz soou feminina, quase chorosa; Uma discrepância absurda com a arma que ainda segurava firmemente em sua mão direita.





    _ Fale,Hades-sama está aqui para ouvi-lo.

    avatar
    Afrodite de Peixes
    Administrador
    Administrador

    Nenhuma advertência.
    Mensagens : 2648
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 33
    Localização : São Paulo

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Afrodite de Peixes em Ter Mar 23, 2010 10:22 am



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    -Hunft. Finalmente…


    )|( Deixava a irmã de Hades e seu tridente para trás ignorando a presença tão próxima e ameaçadora da mesma. Agora visualizava um ser sombrio sobre aquele trono, o deus do submundo estava á sua frente, seria ele mesmo? ... Chegara a hora da cartada final e talvez seria o último ato daquele espectro que nunca deixara de ser um cavaleiro de ouro. Fazia aquela tradicional pose de reverência para com a majestade, mais uma vez as madeixas azuladas cobriam-lhe a face e sua voz soava um pouco abafada agora. Não sentia medo por estar diante daquela divindade, a coragem e determinação corria nas veias do pisciano e seu cosmo queimava feito brasa, a sapuris reluzia intensamente em tom púrpura. Em seu semblante oculto formava-se um sorriso, sentia uma prazer enorme em estar ali e confiava plenamente em seu plano. Era tudo ou nada. A glória ou a derrota. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    - Hades-Sama, estamos prestes de ter uma grande baixa…


    )|( Pausava a fala por alguns instantes concentrando uma enorme força em sua pernas e aquela posição de outrora era mantida. O cosmo atingia níveis absurdos, seus olhos arregalaram-se fitando aquela figura e a força acumulada nos joelhos se transformavam em um grande impulso. O espectro viajava de encontro ao seu algoz e nos finos dedos materializava uma rosa branca pronta para morder o coração daquele deus. Teria ele perdido sã consciência? Atacar uma divindade assim lhe custaria a morte. Mas, se sua morte fosse bela, o que importava? Nada é mais belo que um guerreiro perdendo a vida obtendo um grande feito em prol da paz e justiça. Por fim, dizia aquela que poderia ser sua última palavra... )|( )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    - E essa baixa é você, maldito! Vai padecer quando essa rosa branca morder seu coração e se tornar vermelha!


    )|( Era questão de segundos até o desfecho final, naquela rápida viagem um grande teor de esperança era carregado em seu trajeto e depositado naquele ramo. Afrodite não estava com medo de morrer e sim de viver daquela forma, de levar uma vida sem luz, cores, honra e beleza. A verdadeira beleza fazia-se mais bonita ao lado de Athena e seus companheiros de guerra. )|(



    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Ter Mar 23, 2010 11:51 pm



    Por um instante, a figura levantou-se e o sorriso ácido foi mantido em seu rosto congelado. Pandora mantivera-se exatamente onde estava. O espectro agora estava indo por seu próprio caminho, caminhando de volta ao seu próprio sepulcro. Não havia mais subterfúgios, a máscara havia quebrado. Lentamente, ela recuperou suas feições frias, ininteligíveis. Em breve, o cosmo de Hades se dissiparia e a imagem ali parada, iria desaparecer. Ela já havia presenciado aquela cena outras vezes.





    “Ele nos traiu... Hades lhe ofereceu a vida e ele mordeu a mão de quem o alimentava.”


    “... traidores merecem voltar ao caminho da dor e da morte.”




    Um sussurro silencioso veio pelo ar até tocar sua pele; Um arrepio a fez dar alguns pequeninos passos para trás. O aviso fora claro: os propósitos eram proteger a vinda do corpo de Hades, o renascimento de seu cosmo naquela terra. Pandora o faria a qualquer custo, os deuses lhe pediam que o fizessem. Presenciaria o ataque, mas não aceitaria aquilo de braços cruzados. Enquanto o cavaleiro voava as escadarias acima, o cosmo sempre vivo da jovem pareceu arder com vigor, envolvendo-a inteira. Faria uso do presente dado pelos deuses. Uma suntuosidade começou a tomar o contorno do corpo da mulher, enquanto ela dava alguns passos para trás, na direção daquela luz.





    _ Sua oportunidade foi dada, e você não soube aproveitá-la. Pretendeu ferir um deus pelas costas. Não será perdoado por seus pecados e sua ingratidão, Cavaleiro de Athena.




    Dada as ultimas palavras, num completo escárnio, Pandora desapareceu dentro da luz e em seu lugar restou apenas o vazio, o obscuro daquele ambiente já tão malfadado invadindo o espaço que outrora pertencera a uma graciosa claridade. O cosmo da jovem instantaneamente desaparecera, deixando o cavaleiro só, com um provável trono comido por suas rosas, seus venenos e suas falhas ânsias mórbidas.


    avatar
    Afrodite de Peixes
    Administrador
    Administrador

    Nenhuma advertência.
    Mensagens : 2648
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 33
    Localização : São Paulo

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Afrodite de Peixes em Sex Mar 26, 2010 10:35 am



    )|( Arremessava aquele singelo ramo branco, um fino feixe de luz cortava o vento indo em direção a figura que se encontrava diante do trono. Após o ataque, o corpo de Afrodite tocava o solo novamente e um dos seus joelhos mantinha-se apoiado sobre a estrutura de mármore, já a outra perna ficava semi-arqueada. Seu rosto era voltado para aquela imagem onde a rosa sangrenta estava fincada, sentia que a missão fora comprida deixando um sorriso brotar em seu semblante. Era um sorriso de satisfação. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    “Peguei o miserável.”


    )|( Em segundos sua face mudava de expressão, agora o espanto tomava-lhe conta ao ver Hades se desintegrar. Em um baque seco, a rosa caia sobre o solo espalhando algumas pétalas, gotículas de suor escorriam pelo seu rosto. Sentia uma sensação de pavor diante daquela situação, vinha em sua mente o fracasso do seu plano e já previa as conseqüências para os atos realizados. Mas antes de tudo, já esperava por isso se caso falhasse. Porém, não era nenhuma surpresa para o espectro, mesmo assim a frustração era enorme. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    - Mas como? Não pode ser! Eu…Jurava estar vendo Hades a minha frente. Não é possível! Aquele não era o corpo dele...


    )|( Sentia o cosmo de Pandora queimar naquele exato momento, palavras também eram ditas pela mesma. A serva de Hades pretendia dar-lhe o pior dos castigos, o que mais fazia jus aos traidores. Uma grande energia emanava daquela jovem e um clarão de luz era produzido, logo depois Pandora sumia sem deixar vestígios. )|(


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    - Maldição... O que aquela fedelha esta tramando agora?


    )|( O espectro também queimava seu cosmo, uma fina aura púrpura contornava seus traços. Uma rosa branca podia ser notada em uma das mãos. )|(


    ”Isso não vai ficar assim…Vai me pagar por tal atrevimento.”


    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Ter Abr 06, 2010 10:04 am

    Prazo de postagem expirado. Jogo esperando julgamento.

    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Sex Out 15, 2010 2:08 pm

    JULGAMENTO


    PANDORA (Panzita) vs AFRODITE DE PEIXES (Lama)



    No Geral...

    No geral eu achei um jogo bom de ler. Teve ritmo, os personagens se deslocaram de um cenário para o outro, teve momentos de conflito, momentos de suspense. Ambos estão de parabéns por terem levado até 13 posts um jogo interessante como este. Sem mais delongas, irei diretamente para o meu juízo sobre os dois.

    ___________________________________________________________________________


    Afrodite de Peixes - Lama


    Interpretação: 21%

    1. Vou começar com algo que geralmente me incomoda um pouco, e seria bom se todos atentassem: o uso da pontuação. Sei que isso não é propriamente uma falha intepretativa. Ninguém é obrigado a ser um gramático, aqui. Vale, porém, ressaltar que a pontuação é de suma importância para a organização das idéias, e as idéias SÃO a interpretação. Muitas vezes tuas idéias se embolavam em algo que parecia o fluxo de consciência de um bêbado. hahaha. Não seeeempre, mas alguma vezes isso acontecia, o que compete para uma certa dificuldade do leitor ler e gostar de ler o teu texto. Por isso, fiz um desconto mínimo na interpretação:

    -2%


    2. A segunda coisa a relevar no teu julgamento é algo que me fez lamentar um pouco, da tua parte. Quando o Afrodite faz menção de ir embora sem deixar suas informações a Pandora, o mesmo se mostra bastante surpreso. Agora vou dizer porque lamentei: eu achei que tivesse sido um plano do Afrodite. Mas ele se mostra surpreso, até mesmo na dimensão narrativa. Ou seja: o Afrodite ia mesmo embora. Percebo isso como uma certa falta de astúcia, de lábia do Afrodite, pois eu achei que ele estivesse tentando manipular a Pandora. Considerei uma falha média no que tange as características do pisciano como um homem astuto.

    -5%


    3. A terceira coisa que eu noto, e da qual não gosto no teu pisciano (não é que eu não goste, apenas acho um erro de interpretação) é um tom demasiado "canalha" ou "canastrão" que tu deu pra ele quando, na verdade, o Afrodite deveria ter muito mais prudência, cautela e, até mesmo, elegância, finura. O teu Afrodite está demonstrando um ego que ele tem plenas capacidades de esconder, em vista de sua situação. Eu não acredito que um cavaleiro como ele, que não é nada cabeça quente, encarregado de uma tarefa altamente secreta que é a de sabotar os exércitos de Hades e manter uma farsa perigosa, fosse agir dessa maneira com Pandora. Se quisesse colocar em questão a honra dele como cavaleiro, poderia ter feito isso através dos pensamentos. Algo como ele se esforçando por se contar. Uma falha média.

    -6%


    4. Outra coisa que é dita por ti, sobre o pisciano: Afrodite é realista. Bom, se ele é realista, como ele poderia ter o menor vislumbre de que poderia ser possível contar com suas rosas e matar Hades com uma Rosa Branca? Me parece a explosão de fé de um cavaleiro muito pouco realista, um cavaleiro muito otimista, desesperado para lutar por sua deusa protetora. Um Seiya tomaria uma atitude precipitada como esta, não um Afrodite. Achei que há uma incoerência interna dentro do Afrodite no que tange sua frieza vs sua fé e sua honra. Ele me parece o tipo de cavaleiro que seria honrado, glorioso, justo, justamente através de métodos pouco gloriosos. E um deles teria sido aguentar a humilhação como nenhum outro e dissimular com toda a sua lábia e sua astúcia.

    Falha grave, uma vez que influenciou todo o andamento do jogo.

    - 9%


    5. Agora o último tópico da tua interpretação: quando o teu Afrodite fala sobre a beleza, eu acho que ele fala de uma forma um tanto vazia. Pra começar, essa ligação do Afro fica um tanto superficial, na medida em que ele não se espanta em nenhum instante com a feiúra do inferno ou de qualquer acomodação dos espectros, ou mesmo com alguma feiúra que tenha visto em sua não-vida. Outros momentos deixam a desejar, como por exemplo...

    "A verdadeira beleza fazia-se mais bonita ao lado de Athena e seus companheiros de guerra."

    Isso soa tão maricas na boca do Afrodite... Ele jamais viria uma beleza suprema em lutar ao lado de seus companheiros e de Athena. Na real, acredito que ele até possa enxergar beleza nisso, mas não é exatamente em lutar. Ele pode enxergar a beleza na própria morte, coroada pela humilhação e pelas pétalas queimadas das suas rosas; ele pode enxergar a beleza em estar sozinho entre os doze cavaleiros, sustentando suas crenças e seus próprios métodos de se fazer justiça contra os demais companheiros. Sei lá. O que eu quero dizer é que essa frase mostra bem como está definida a relação da beleza com o teu pisciano: ela não está bem definida. Sobre isso, tu podia ter falado mais. Considerei uma falha média, pois tu não esquece de colocar a palavra "beleza" no teu jogo.

    -7%

    .
    .
    .

    Combate: 13%


    No combate tu foi relativamente melhor. Foi melhor porque se limitou aos poderes do teu personagem e tal, foi audacioso e corajoso como se esperaria de um cavaleiro (embora tenha feito minhas ressalvas na parte interpretativa), aceito os danos, não quis pagar de foda-todo-poderoso, o que é uma atitude madura e louvável. Também não errou, em nenhum momento, por algum meta-jogo (que eu tenha notado). A propósito: não considerarei nada do combate entre ele e Mu, presente no prólogo.

    Utilizou a fragrância das rosas, inicialmente, para tentar submeter Pandora no caminho a Giudecca. Eu gostei dessa tentativa. Acerto médio:

    +5%

    Logo depois, fez um golpe com a famosa Rosa Branca, colocando o Afrodite numa heróica situação de tudo ou nada. Por ter tentado descrever tão bem a cena e, logo em seguida, ter descrito toda a decepção e toda a ruína que parecia desabar sobre Afrodite, vou te dar o máximo de pontos que poderia dar para um Acerto médio.

    +8%

    .
    .
    .


    Inovação: 0%

    Não fizeste nenhuma inovação, porquanto preferiu limitar-se ao que já é sabido, por fora, da personagem do anime.

    .
    .
    .

    Estética: 7%

    Acho que a letra poderia ser um pouquinho maior, mas não vou descontar por isso. Apenas digo que teria sido um pouco melhor de se ler.

    Misturar screens da saga de Hades e da saga das doze casas não ficou legal. Descontarei alguma coisa:

    -3%

    As cores estão de acordo. Nada mais a acrescentar.






    Pandora - Panzita


    Interpretação: 38%

    1. Interpretou muito bem a Pandora, passando uma forte imagem de desprezo, de frieza, de segurança, de convicção. Ficou sinistrinha, e eu gostei do uso que fez de certas palavras para concorrer a essa atmosfera no teu jogo. Muito bom, realmente! Também soube escrever um texto de forma organizada, expressando com certa facilidade as idéias que tensionava comunicar.

    Eu só devo dizer que... teu primeiro bloco narrativo me pareceu meu aéreo. Eu não entendi muito bem, pra ser franco:

    "Por um segundo, seus dedos vacilaram numa nota. Por quê? Por que haviam mentido para ela? Para seu senhor tão bondoso? Teria de ser mais rígida com seus juízes, puni-los talvez por seu erro, seu capricho. Contudo, naquele instante, deveria se preparar. Alguém se aproximava. Não precisou abrir seus olhos para adivinhar que o que estava ali era muito mais audacioso que um simplório espectro. "

    Eu realmente não entendi isso. Porque ela deveria ser mais rígida? Quem mentiu? Porque? Me pareceu aéreo. Talvez remetência a algum episódio da saga? Talvez, mas não ficou explicitado, não ficou bem colocado, principalmente porque é o primeiro bloco narrativo do teu jogo inteiro. Ele deveria ser esclarecedor da situação de Pandora. Uma falha que considerei leve e da qual irei descontar.

    - 3%



    2. Este, creio, é o segundo e último "erro" que considerei como erro no teu jogo. Talvez os demais jogadores reclamem e tal, mas vou explicar o meu ponto:

    _ Espero realmente que não envolva traições. Sei que estou aqui apenas representando meu irmão e toda sua força, mas ainda sim estou abençoada com a gratidão de outras grandes divindades.

    É ÓBVIO que os cavaleiros ressucitados por Hades pertenceram a Athena, a grande inimiga na Guerra, e que se deve desconfiar deles o tempo inteiro (tanto é que mandaram todos aqueles espectros para vigiar o Saga, o Shura e o Camus de perto). Entretanto, eu não achei legal essa colocação. Ela é meio injusta, já que todos nós sabemos muito bem qualé a moral de todo o teatrinho dos ex-cavaleiros de ouro, todos nós que acompanhamos o desenrolar da trama. Acho que a Pandora ainda não teria nenhum motivo para pensar ou mesmo dar mostras de que desconfia de algo tão pesado ou algo tão merecedor de atenção como uma traição. Todos os homens sob o comando de Hades devem ser absolutamente fiéis ao seu senhor. Se a Pandora desconfia de alguma coisa, isso é certo que si, mas aqui pareceu que ela sabe muito mais do que deveria, ou tem uma certeza mais forte disso do que precisava. Porque teria pensado primeiro em traição, afinal? Falha média.

    - 6%


    No mais, teu jogo foi impecável como Pandora. Acho que posso dizer isso com muita certeza, pois durante todas as tuas falas, pensamentos, narrativas... eu vi a Pandora. Ela estava ali. Soube criar falas condizentes, atitudes condizentes e a conduzir o jogo no ritmo narrativo de uma Pandora. Parabéns!

    .
    .
    .

    Combate: 18%

    Não aconteceu nenhum combate explícito entre os dois, mas devo dizer que mesmo neste quesito a Pandora se saiu melhor. Vamos às pontuações.

    1. A primeira coisa a ser pontuada é o uso do seu cosmos para imputar dor ao cavaleiro de Peixes. A razão disso foi mais interpretativa do que qualquer coisa, e ao longo dessa "forma de ataque" houve falas e uma dose bastante cavalar de intimidação.

    +7%


    2. Em seguida, conduziu o cavaleiro de Peixes a uma brilhante armadilha: fez com que ele pensasse estar na presença do imperador Hades, apenas para saber quais eram suas reais motivações e, também, para descobrir que informações trazia, e se alguma coisa trazia, a Hades. Apesar de já ter apontado uma desconfiança em relação a traições que achei meio "demasiada" e bem confirmada demais, não achei nem um pouco forçada essa cena, pois, assim como narrara, ela "já havia visto esta cena outras vezes". Novamente, um movimento bastante interpretativo e esperto da tua parte. Um grande acerto!

    +9%


    3. Deixei por último um movimento de Pandora que achei bastante pertinente colocar aqui: não se esqueceu, por nenhum momento, do tridente que ela utiliza para se proteger. Realmente, demonstrou cautela. Um acerto leve.

    +2%

    .
    .
    .

    Inovação: 0%

    Não houve inovações, posto que a Pandora retratada é uma perfeita Pandora do anime, com todos os seus trejeitos.

    .
    .
    .

    Estética: 10%

    Como não descontei do Afrodite pelo tamanho da letra, não o farei com Pandora.

    As cores condizem e todas as screens parecem bem editadas e estão muito bem colocadas ao longo do jogo, principalmente naquele momento em que ela está tocando harpa. As screens reproduzem um movimento muito agradável das mãos dela no instrumento.





    Portanto, declaro PANDORA (Panzita) a vencedora deste duelo!


    Afrodite

    Acredito que tu perdeu a luta cometendo alguns erros que, algumas vezes, as personagens cometeriam na história do anime. Minha explicação para isso é muito simples: o Kurumada é muito burro. Ele faria o Afrodite ou o Saga cair em uma armadilha simples ou tomar uma atitude improvável, apenas para fazer a história andar nos trilhos. Não estou te chamando de burro, nem um pouco. Vi que tentou interpretar o Afrodite mais condizente possível, e em grande parte do jogo conseguiu! Só que... o Afrodite é um personagem que tem muito a mostrar, o que o torna uma personalidade difícil de se passar apenas com o que aparece no anime. Tu poderia ter tentado definir melhor esse lance da "beleza" e ter sido menos "canastrão" e menos impaciente com o teu Afrodite. Tentar dar um ar de maior elegância. Não ter medo de ser viadinho (hahaha, zoei. Liga não, cara. ;*). E, sem esquecer, tentar usar mais pontos finais e menos vírgulas. Algumas vezes tuas frases se alongam por muitas idéias quando, na verdade 1 frase -> 1 idéia. Lembrar disso: ajuda na hora de lerem o que você escreve.





    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Sex Out 15, 2010 2:35 pm

    Parabéns aí pelo julgamento, foi um jogo um tanto diferente dos demais, gostei de ler (na época, pois faz tempo. xD)

    Acho que tu colocou todos os pontos que julgou correto e incorreto.

    Quanto à pontuação vou deixar o meu próprio exemplo, talvez seja o mesmo caso, ou não.
    Eu também tenho grandes falhas gramaticais nos meus turnos, na maioria das vezes porque escrevo e não leio novamente na hora de postar, na ansia de turnar logo acabo não revisando todos os textos, nisso eu sempre acabo deixando vários erros... Claro que certas vezes, mesmo a gente lendo o texto novamente acabamos não encontrando erro, mas ler umas duas ou três vezes - para quem tem dificuldade claro -, acaba ajudando bastante nesta questão. To tentando mudar esse hábito a muito tempo.

    De qualquer modo, parabéns aos dois. =*

    Amo muito tudo isso!
    avatar
    -Mu de Áries-
    Administrador
    Administrador

    Nenhuma advertência.
    Mensagens : 1306
    Data de inscrição : 20/02/2010

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por -Mu de Áries- em Sex Out 15, 2010 2:42 pm

    Também não julgo português não. Acho inútil. Só se eu não entender porra nenhuma. Tem turno aí que não dá para entender nada, aí é foda. Mas como não li o jogo, nem palpito.


    _________________

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Sex Out 15, 2010 2:49 pm

    Sobre o "desconto" de que vocês não concordam, a princípio, vou colar algo que acabei de explicar pro Glauber:

    Glauber - Jesus é o Caminho [God is great. God is good] diz:
    *cara, evita descontar português nos julgamentos
    *só se não der para entender o que o cara diz
    *descontar português é zoadão
                  knight of cydonia         diz:
    *não é descontar port, cara
    *é descontar algo que interfere na compreensão do que ele diz.
    *entende?
    *eu expliquei lá
    Glauber - Jesus é o Caminho [God is great. God is good] diz:
    *dá um exemplo aew
                  knight of cydonia         diz:
    *as idéias que ele quer passar estão desorganizadas
    *vou até catar
    *vou formular um aqui...
    *Não, melhor não
    *preguiça
    *vou copiar e colar, mesmo
                  knight of cydonia         disse (15:48):
    *Estava ciente, não seria o homem que salvaria sua deusa, mas lutaria até a última pétala de rosa para manter a honra dos cavaleiros de ouro, para ele a farsa já tinha acabado e era a hora de acertar as contas com aquele que fora leviano com sua beleza.
    Glauber - Jesus é o Caminho [God is great. God is good] diz:
    *é, não entendi porra nenhuma
                  knight of cydonia         diz:
    *Cara... tanto quanto a ausência de screens quanto uma letra pequena,
    Glauber - Jesus é o Caminho [God is great. God is good] diz:
    *isso daí tá certo
                  knight of cydonia         diz:
    *essa ausência de organização (que é mediada pela pontuação) fode a compreensão e a leitura
    *não é descontar de quem não sabe gramática.
    avatar
    Afrodite de Peixes
    Administrador
    Administrador

    Nenhuma advertência.
    Mensagens : 2648
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 33
    Localização : São Paulo

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Afrodite de Peixes em Sex Out 15, 2010 3:44 pm

    Não tenho o que reclamar do julgamento, apenas respeitar o ponto de vista de cada um e lógico, aprender com os erros. Entendi o que quis dizer no quesito "beleza"

    Mas...Afrodite sabia que morreria de alguma forma, mas tentei o máximo possível não dar brecha e tal. Sabia que não mataria Hades com uma rosa, mas como disse era tudo uma farsa e essa farsa teria que ser "real".

    Essa farsa se tornou tão séria que tu acabou "acreditando" em algumas ações...É mais ou menos isso. Não vou alongar o assunto. >D


    Vlw pelo julgamento e parabéns a Panzita, a Pandora dela é foda. \o\


    _________________


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Convidad
    Convidado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Convidad em Seg Out 18, 2010 5:56 pm

    Bom, eu tenho um único receio: o de ter sido injusto contigo na pontuação geral e no julgamento (aliás, eu não fiz a somatória. x.x). Se quiser discutir isso comigo privativamente, até porque isso não é assunto necessário para outros membros, podemos falar por mp. o/ O que acha?

    Qualquer coisa, tu me explica o teu ponto, eu o meu e tentamos nos acertar. Se errei, postarei o erro aqui e me desculparei de boa.
    avatar
    Afrodite de Peixes
    Administrador
    Administrador

    Nenhuma advertência.
    Mensagens : 2648
    Data de inscrição : 20/02/2010
    Idade : 33
    Localização : São Paulo

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Afrodite de Peixes em Ter Out 19, 2010 3:50 pm

    Relaxa, cara. O que postei foi só pra justificar as minhas ações.

    De boa, não esquenta a cabeça. =]


    _________________


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Conteúdo patrocinado

    Re: Afrodite de Peixes (Lama) x Pandora (Panzita)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Jan 18, 2019 12:45 am